sábado, 3 de julho de 2010

Tudo menos Tristeza

Há uma gata siamesa
que se senta à minha mesa
e me pede que lhe chame
tudo menos Tristeza,
porque no seu pêlo macio
que lembra café e baunilha
está desenhada uma ilha
toda feita de alegria,
onde os gatos são os reis
das noites de fantasia.


©Luís Infante

8 Bilhetinhos:

Blogger Willyan Luemi said...

Este comentário foi removido pelo autor.

03 julho, 2010 23:30  
Blogger Willyan Luemi said...

As vezes, penso que escritores, que conseguem mecher com a imaginação de uma criança como eu, que cresceu de repente, e de repente passou a ser chamado de adulto sem saber por que, Não pode ser totalmente deste mundo.

Deve haver algum tipo de casa na arvore, de terra do nunca, de ciranda encantada, a onde eles vão para buscar algum tipo de pólen magíco.


Estou tentando te seguir,
Mas não encontro o link.
Um abraço.

03 julho, 2010 23:36  
Blogger Carol Timm said...

Willyan,

Fico feliz com a sua nova visita e esse recado carinhoso.

Não importa como mas você já está por perto!

Beijos e bom domingo!
Carol

04 julho, 2010 09:53  
Blogger Melissa said...

Que gostoso, Carol!
:) Miau!

06 julho, 2010 16:23  
Blogger O Profeta said...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo

08 julho, 2010 10:41  
Blogger Carol Timm said...

Melissa,

Que bom que gostou dos poemas minha Casinha de Brinquedo!

As crianças habitam em nós é só lhes dar ouvidos...

Beijos,
Carol

10 julho, 2010 12:05  
Blogger Carol Timm said...

Amigo,

Que se cumpra a sua professia e encontremos essa ilha de amor e poesia!

Seja sempre bem-vindo a minha Casinha de brinquedo e pequenas alegrias.

Abs,
Carol

10 julho, 2010 12:15  
Blogger Renata de Aragão Lopes said...

Que belo!

15 julho, 2010 22:06  

Postar um comentário

<< Home